MEPs Portugueses e o #ACTA – votações

Hoje o ACTA foi rejeitado pela maioria dos deputados no Parlamento Europeu, numa vitória da democracia. Digo vitória da democracia porque neste caso em particular os cidadãos europeus fizeram-se ouvir e disseram claramente aos deputados que os representam que queriam que o ACTA fosse rejeitado.

Nem todos os deputados ouviram os cidadãos. Não me interpretem mal: é bom haver opiniões diferentes, é bom haver vários partidos e até é bom haver no mesmo partido opiniões diferentes.

Mas depois de milhares e milhares de cidadãos terem ido para a rua, por toda a Europa, de terem enviado emails e telefonado aos deputados a pedirem-lhes que rejeitassem o ACTA, aflige-me que ainda houvesse deputados a aprovar um tratado à revelia da vontade da maioria dos cidadãos.

Nas próximas eleições para o Parlamento Europeu, este post vai dar-me jeito: lembrar-me-á quem não me representa.

O EPP (European People’s Party) colocou à votação a possibilidade do Parlamento adiar o voto, o que permitiria ganhar tempo aos defensores do ACTA e que foi, felizmente, rejeitado pela maioria. Depois houve o voto do tratado.

Abaixo listo os deputados portugueses que votaram a favor, contra ou se abstiveram nestas duas votações

Adiamento do Voto do ACTA

A favor

Regina Bastos – PSD (PT); Group EPP

Maria da Graça Carvalho – PSD (PT); Group EPP

Carlos Coelho – PSD (PT); Group EPP

Mário David – PSD (PT); Group EPP

Diogo Feio – PP (PT); Group EPP

José Manuel Fernandes – PSD (PT); Group EPP

Maria do Céu Patrão Neves – PSD (PT); Group EPP

Nuno Teixeira – PSD (PT); group EPP

Paulo Rangel – PSD (PT); Group EPP

Vital Moreira – PS (PT); Group S&D

Contra

Luís Paulo Alves – PS (PT); Group S&D

Luís Manuel Capoulas Santos – PS (PT); Group S&D

Edite Estrela – PS (PT); Group S&D

Elisa Ferreira – PS (PT); Group S&D

João Ferreira – PCP (PT); Group GUE/NGL

Ana Gomes – PS (PT); Group S&D

Marisa Matias – BE (PT); Group GUE/NGL

Alda Sousa – BE (PT); Group GUE/NGL

Rui Tavares – Independente (PT); Group Verts/ALE

Abstenções

António Fernando Correia de Campos – PS (PT); Group S&D

ACTA

A favor

Vital Moreira – PS (PT); Group S&D

Contra

João Ferreira – PCP (PT); Group GUE/NGL

Marisa Matias – BE (PT); Group GUE/NGL

Alda Sousa – BE (PT); Group GUE/NGL

Luís Paulo Alves – PS (PT); Group S&D

Luís Manuel Capoulas Santos – PS (PT); Group S&D

Edite Estrela – PS (PT); Group S&D

Elisa Ferreira – PS (PT); Group S&D

Ana Gomes – PS (PT); Group S&D

Rui Tavares – Independente (PT); Group Verts/ALE

Regina Bastos – PSD (PT); Group EPP

Maria da Graça Carvalho – PSD (PT); Group EPP

Carlos Coelho – PSD (PT); Group EPP

Mário David – PSD (PT); Group EPP

José Manuel Fernandes – PSD (PT); Group EPP

Nuno Teixeira – PSD (PT); group EPP

Paulo Rangel – PSD (PT); Group EPP

Abstenções

Diogo Feio – PP (PT); Group EPP

Maria do Céu Patrão Neves – PSD (PT); Group EPP

António Fernando Correia de Campos – PS (PT); Group S&D

Apesar dos deputados do PSD e do PP terem votado a favor do adiamento do ACTA* (que, se tivesse sido aprovado, seria muito mau), aquando da votação do próprio tratado optaram por votar contra ou abster-se.

O único deputado que votou a favor do ACTA, foi Vital Moreira, do PS.

* – Na verdade, a maioria dos deputados portugueses votaram pelo adiamento, como se pode ver no primeiro gráfico

A página do Parlamento Europeu lista 22 deputados, mas apenas 20 votaram. Espero não me ter enganado em nenhum deputado, a lista dos votos encontra-se aqui em PDF (ponto 7 e 8).

7 thoughts on “MEPs Portugueses e o #ACTA – votações

  1. Sim, eu no fim do post refiro que apesar de haver 22 deputados portugueses, só 20 é que votaram. Tanto o Nuno Melo como uma deputada pelo PCP não votaram em nenhuma das votações de hoje (quer do ACTA, quer das outras matérias colocadas a votação), pelo que vi no PDF.
    No site do VoteWatch, diz que eles de facto não votaram. Ainda que diga também que não estiveram “absent”. Não sei porquê.
    http://www.votewatch.eu/cx_vote_details.php?id_act=3055&euro_vot_valoare=N&euro_vot_rol_euro_grup=&euro_vot_rol_euro_tara=&vers=2&order_by=euro_parlamentar_nume&order=ASC&last_order_by=euro_parlamentar_nume&limit=0&offset=0&nextorder=ASC&euro_tara_id=5&euro_grup_id=&euro_vot_valoare=N&euro_vot_rol_euro_grup=

    Like

  2. […] uma mensagem de correio electrónico a agradecer os votos.  Paula Simões publicou um artigo com a lista dos eurodeputados portugueses que participaram nesta eleição, incluindo a sua posição em cada votação.  Esse artigo tem ligações para as páginas […]

    Like

  3. ovigia says:

    Mais um artigo para arquivar🙂

    E esta votação uma vez mais mostra como é extremamente importante mudar a forma como votamos por cá.

    Há que acabar com a carneirada das listas e passar a voto uninominal, só assim será possivel responsabilizar as pessoas que são eleitas para nos representar.

    Like

  4. Piruças says:

    Porquê? Por acaso isso muda alguma coisa? A única coisa que muda com a história dos círculos uninominais é que só existirão deputados do PSD e PS. E depois 49% dos eleitores a não serem representados em cada círculo, em vez dos 25% de agora. Também acha que a melhor maneira de não ter filhos é tendo relações sem preservativo? É que a lógica (furada) é a mesma.

    Os deputados da lista que elegi votaram sempre contra. E por isso voltarei a votar nessa lista.

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s