Ronda de Sábado [Lisboa]

Os Sábados são dias de percorrer a cidade. Depois de almoço saímos rumo à Praça de Londres, onde esperávamos ver o Encontro Mensal de Coleccionismo, Velharias e Alfarrabismo. Parece, no entanto, que o jardim está encerrado para obras, pelo que o encontro deve estar temporariamente interrompido.

Logo adiante, parámos na Arcádia, que inaugurava hoje (Av. de Roma, 14) – Dica do @jneves. Eu, que não suporto bombons de recheio de licor ou outro tipo de álcool, fiquei rendida aos de Vinho do Porto.

Depois foi tempo de seguir em direcção à Rua do Carmo, para dar uma espreitadela na Muji, que podia inaugurar hoje. Afinal, só amanhã (das 10h às 22h).

Um pouco mais acima, no Chiado, entre a Bertrand e uma igreja, e estamos na Feira de Alfarrabistas.

Desta vez, encontrámos um livro de Cesare Pavese, numa edição da Arcádia com um belo dust-jacket de Victor Palla, datada de 1959:

Encontrámos ainda um romance policial de Maria Archer, escritora que fiquei a conhecer. O pequeno texto que antecede o livro é delicioso:

Este livro foi escrito ùnicamente para distrair os meus pensamentos. Deu-me ocupação para duas semanas. Deu-me ocupação para duas semanas. Deu-me lenitivo a certa ideia amarga. Deu-me confiança em mim mesma num momento em que eu duvidava de mim. Não pensava em publicá-lo. (…)”

Ainda bem que o Tónio, com dez anos na altura, convenceu Maria Archer a publicar este policial, para que eu o pudesse encontrar hoje. Nos anos 40 e 50, havia muitos autores portugueses a escreverem policiais, quase sempre com pseudónimos “não-portugueses”: Ross Pynn (Roussado Pinto), Dennis MacShade (Dinis Machado), Dick Haskins (António Andrade Albuquerque), só para citar alguns mais conhecidos. Mas não me lembro de ver esritoras de policiais, dessa altura, pelo que estou bastante curiosa com este livro. A edição, da Coimbra Editora, está datada de 1946.

Por fim, ainda arranjei mais três volumes da Colecção Vampiro, os primeiros dois com capa de Cândido Costa Pinto:

 

 

e o terceiro com capa de Lima de Freitas:

[O copyright das imagens neste post pertence aos seus autores e estas são aqui publicadas apenas a título informativo e histórico]

 

One thought on “Ronda de Sábado [Lisboa]

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s