Sugestão para o fim-de-semana (filme e livro): “And then there were none”

“And Then There Were None” é talvez um dos livros mais conhecidos da Agatha Christie, escrito a partir de uma rima infantil inglesa. A primeira edição do livro foi publicada na Inglaterra de 1939 com o título “Ten Little Niggers” (título da rima infantil), mas este não seria bem recebido na America pela conotação da palavra “Niggers”, pelo que a primeira edição americana saíu com o “And Then There Were None”, que corresponde ao último verso da rima. Algumas reedições americanas receberam o título de “Ten Litttle Indians”, contestado pelos conhecedores do livro por este título fazer referência a uma rima infantil diferente.

AC17
Em Portugal, o livro encontra-se publicado pela Livros do Brasil com o título “Convite para a Morte”.

O livro relata a história de dez pessoas, de diferentes proveniências, que são convidadas para uma casa numa ilha. Na mesa da sala, encontram-se dez figurinhas negras de porcelana que vão desaparecendo consoante os convidados vão sendo assassinados de acordo com a rima infantil, que se encontra emoldurada numa parede. A rima tem diversas variantes, sendo a seguinte a utilizada pela autora:

Ten little nigger boys went out to dine;
One choked his little self, and then there were nine.
Nine little nigger boys sat up very late;
One overslept himself, and then there were eight.
Eight little nigger boys traveling in Devon;
One said he’d stay there, and then there were seven.
Seven little nigger boys chopping up sticks;
One chopped himself in half, and then there were six.
Six little nigger boys playing with a hive;
A bumble-bee stung one, and then there were five.
Five little nigger boys going in for law;
One got in chancery, and then there were four.
Four little nigger boys going out to sea;
A red herring swallowed one, and then there were three.
Three little nigger boys walking in the zoo;
A big bear hugged one, and then there were two.
Two little nigger boys sitting in the sun;
One got frizzled up, and then there was one.
One little nigger boy left all alone;
He went out and hanged himself and then there were None.

(sim, leram bem: rima infantil🙂 )

ACGNATTWN

Em 1943, Agatha Christie escreveu uma peça teatral baseada no livro, mas cujo final é diferente, por o original não se adaptar bem ao teatro.

Em 2009, o livro foi adaptado para uma graphic novel por François Rivière e ilustrada por Frank Leclercq.

Os três primeiros filmes baseados na história seguem o final da peça teatral e não o final do livro. O primeiro e, segundo Charles Osborne, o melhor dos três está disponível no Archive.org, pode ser visto aqui e eu aconselho🙂

Directed by René Clair, this is one of the most successful of the Christie movies, and a remarkable and highly exciting film.  – Charles Osborne in The Life and Crimes of Agatha Christie, p. 113

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s