Das traduções

Na secção Noticiário da Vampiro Magazine Nº 23 pode ler-se (pág. 87):

Dizem-nos que «Mystère Magazine» se refere a VAMPIRO Magazine acintosamente. Não comprámos o número em questão. O acinte não nos espanta. «MM» não leva à paciência que a lei portuguesa proteja VAMPIRO Magazine no que diz respeito às traduções. Além disso não simpatiza com a nossa orientação. Dizem-nos que nos acusa de transcrevermos as suas notas. Só podemos pedir aos leitores portugueses que as releiam, consultem a Colecção inteira de «MM» e tentem descobrir qualquer identidade. O curioso é notar precisamente que deste o seu primeiro número este magazine exprime opiniões pessoais e é reflexo duma atitude e dum critério extremamente individual, enquanto que o «MM» francês se tem tornado lamentàvelmente um veículo muito servil das ordens do seu patrão americano. Agradecemos aos amigos que nos escreveram prtotestando contra a injustiça.

Manteve-se a escrita na citação.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s