Domingos

E, num repente, partes, e fico com as horas de vazio só para mim. A pressão nunca falha: está prestes a entrar em acção o contador até sexta-feira, ao final da tarde, a altura em que te posso olhar outra vez.

Advertisements

2 thoughts on “Domingos

  1. A poesia, mesmo em prosa, é algo que sempre me agradou. E percebo do que falas, apesar de, agora, os tempos de espera (o tal vazio) já não existirem.

    Like

  2. também eu espero que os tempos de espera terminem… a ver vamos 🙂

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s