Porque é que eu não gosto de flash

Não sou especialista em informática, por isso não faço ideia se aquilo que se faz com flash apenas se pode fazer com tal tecnologia.

De qualquer forma, não gosto. Por várias razões:

1. Browsers – é sempre preciso instalar qualquer coisa para se poder ver um site com flash;

2. Browsers – mesmo instalando qualquer coisa, nem sempre as páginas funcionam;

3. Telemóveis – é para esquecer;

4. Barra de Scroll – no Eee PC, o facto da barra de scroll (roda do rato e touchpad) não funcionar em cima de flash torna-se caótico: no caso de apenas existir um objecto em flash, tenho de andar à procura de uma margem livre de flash para fazer – muitas vezes demasiado pequena, no caso do site ser todo em flash, estou tramada e tenho mesmo de usar a barra de scroll do browser.

23 thoughts on “Porque é que eu não gosto de flash

  1. Mais desvantagens:

    – conteúdos não indexáveis por search engines (isto estará a mudar, mas neste momento é assim);
    – não se pode linkar “páginas” para enviar. Por exemplo, numa galeria de fotografias em flash, normalmente não se pode enviar o link para uma foto a alguém…

    Like

  2. 1) A instalação é efectuada uma vez somente e nos sistemas operativos dominantes (Windows e Mac OS X) vem instalado de raíz. Em Linux, para instalações standard, são dois ou três cliques;
    2) Isso nada tem a ver com a tecnologia em si, mas com a forma como foi usada — mal usada;
    3) Para já;

    Flash está longe de ser perfeito. Quando surgiu foi usado de forma despropositada para fazer sites em substituição de HTML e CSS. Hoje em dia é usado para fazer jogos com gráficos de qualidade muito considerável, para transmitir conteúdos de forma ubíqua (como farias um YouTube que funcione em todos os browsers e sistemas operativos sem Flash?) e tem outras utilidades interessantes como é o caso de estabelecer uma ligação permanente e com estado no browser.

    Like

  3. – Não dá para escolher _onde_ abrir um certo “link”. (exemplo: nova tab)

    Armando, multimédia? Só se for sites em que eu escolho ver multimédia, tipo vídeos no youtube ou músicas no last.fm. De resto, não há razão _nenhuma_ para me brindares com um festival sonoro quando o que eu quero é, por exemplo, informação sobre um produto.

    Like

  4. to Armando: pois não sei qual a alternativa, mas eu não percebo nada de informática. Acho é profundamente aborrecido enquanto experiência nos dispositivos que encontrei.
    Também há casos, que embora eu não seja especialista, me parecem absurdos. Ainda há pouco tempo, num site de um museu a entrada era toda em flash, com várias animações ou páginas e só no final é que então te dizia que se quisesses podias ir ao site em html…
    Talvez não haja uma alternativa, não sei, só sei que é um exagero a forma como é usado, que se reflecte na experiência negativa que tenho.

    to Mário Nogueira: esqueci-me dessas🙂, sim também me aborreço quando quero enviar um link e tenho de dar o “caminho”…

    to Mário Lopes: bem, o meu LG veio com o Vista, a primeira coisa que fiz foi abrir o IE para fazer o download do Firefox. Enquanto fazia o download, visitei alguns sites e verifiquei que não conseguia ver coisas em flash e andei ainda um pouco às aranhas nos menus para instalar algo que o permitisse fazer. Pelo que pelo menos no meu laptop, o flash não vinha instalado de raíz no tal OS dominante…

    Like

  5. Armando: Na web? HTML + JS + CSS!
    Mário: É suposto ver a web com um browser, e não serem necessárias instalações extra. É suposto a web ser vista em todo e qualquer browser, e em qualquer sistema operativo (e não apenas para aqueles que “para já” são suportados).

    Like

  6. flash só devia ser mesmo usada para os videos, tudo o resto faz-se de forma melhor e mais bem conseguida com ajax & javascript.

    A coisa que mais detesto sao paginas todas feitas em flash ou entao com 200 pedacinho de flash, tipo botoes, menus e afins…

    Like

  7. Além do mais, o Flash não é livre. Basta a Adobe querer e muda o Flash à sua vontade… Eu não consigo prever o futuro, mas não me admirava nada se um dia destes fosse preciso começar a “garantir” que o plugin que se usa para ver o flash tivesse sido autorizado e fosse um dos tais “OS dominantes” (O Mac OS X domina onde? nos macs ?)…

    Like

  8. @antek e mesmo isso pode mudar se os gajos por trás do HTML5 tiverem “cojones” e voltarem a meter o ogg/thora na especificação garantindo que é possivel ver o mesmo video na internet em qualquer browser e sem ser preciso flash.

    Like

  9. Como diria o Jack o Estripador, vamos por partes:

    @Mário Nogueira:
    – conteúdos não indexáveis por search engines
    Se realmente for relevante a necessidade de indexação, podes sempre usar o
    Progressive Enhancement (entrega de 2 tipos de conteúdo, 1 em rich media, outro em HTML). A indexação já era tecnicamente possível anteriormente, mas agora está bem mais melhorada: http://www.realityseo.com/2008/06/flash-seo-coming-adobe-gives-search.html

    – não se pode linkar “páginas” para enviar. Por exemplo, numa galeria de fotografias em flash, normalmente não se pode enviar o link para uma foto a alguém…
    Sim, pode. Pode ser usada uma solução como o SWFAddress (http://www.asual.com/swfaddress/)

    @Mário Lopes
    “mas com a forma como foi usada — mal usada” – então o problema não é da tecnologia em si, mas da forma como a usam. Neste caso dos developers que “podem” tê-la usado mal.

    @andreLuís
    “não há razão _nenhuma_ para me brindares com um festival sonoro quando o que eu quero é informação”
    Novamente, o problema não é da tecnologia, mas o de que tu queres. Se eu “quiser” entretenimento, proporcionado por alguns dos sites mencionados aqui: http://www.thefwa.com/ , não tenho qualquer problema com o Flash. Ou Silverlight Ou Processing. Estas eram as alteranativas que estava à espera que a Paula mencionasse, que nunca deixariam de ser plugins, com seus quirks.

    @Noori
    Eu disse multimédia. E de forma integrada. Que saiba, nem HTML nem JS nem CSS têm capacidades para por si só produzirem audio ou video. Exemplo: http://www.hobnox.com/noxtools.902.en.html

    @antek
    Nem me dou ao trabalho de responder quando a resposta incluí “tudo o resto”. As generalizações sempre me fizeram espécie.

    @Pedro Ribeiro
    Se há coisa mais injusta é baterem na Adobe por causa do Open Source (http://opensource.adobe.com/wiki/display/site/Home). Era melhor irem chatear outras empresas lá paros lados de Redmond.
    Em relação ao plugin propriamente dito:
    http://www.adobe.com/aboutadobe/pressroom/pressreleases/200804/050108AdobeOSP.html

    Resumindo, é um plugin.
    Pegando num paralelo, para quem usa, é como as extensões no Firefox.
    Ninguém te obriga a instalar nenhuma extensão, mas se escolhes fazê-lo, é porque esta cumpre um objectivo importante para ti.

    Na minha perspectiva de utilizador (infelizmente não sou Adobe Evangelist), o plugin oferece-me a possibilidade de aceder online a narrativas interactivas que neste momento nenhuma outra “alternativa” oferece.

    Porque nem sempre é o acesso à informação e a acessibilidade que é importante. Acreditem ou não, o que move o comum dos mortais não-geeks, são as histórias. E essas podem ser contadas de forma brilhante em Flash.

    Like

  10. Como o Pedro Ribeiro disse, o Flash é fechado. O Gnash e o libswfdec são livres, mas estão longe de ter um bom suporte para as diferentes versões desta tecnologia proprietária da Adobe.:\

    Eu tenho navegado em vários sites cheios de efeitos xpto e que não recorrem a flash. Como o Marco disse, usam javascript – e o que não faltam são scripts e frameworks para efeitos em javascript.

    Like

  11. Peço-vos que verifiquem os comentários anteriores. O comentário do Armando das 5h43 ficou retido por algum razão e só o pude aprovar agora. Desculpa, Armando.

    Pois, eu não consigo que o scroll do touchpad funcione em cima de flash, em linux. Em windows nem vou tentar, estranhamente o meu scroll do touchpad não funciona em vista (talvez precise de actualizações ou coisa ue o valha)

    Like

  12. @Armando:

    Sobre o facto de “bater” na Adobe ou na Microsoft: neste caso bato na Adobe, porque é o que está em causa (o Flash), noutros baterei na Microsoft ou noutra qualquer…. Mas há mais razões para bater na Adobe, não só o Flash…😉

    O problema é que o Flash NÃO É um standard aberto, portanto estás sempre a fazer depender a entrega de conteúdo (que seja relevante para o user, geek ou não) de um programa proprietário. É certo que existem alternativas livres, como o Bruno referiu, mas estão sempre (pela própria filosofia do Flash) um ou mais passos atrás do que os plugins da Adobe conseguem fazer…

    O facto é que a Web foi construída com standards abertos e agora estão a aparecer diversas iniciativas que tentam controlar essa “abertura”: Flash/Flex, Silverlight e assim. Penso o mesmo de todas elas: a evitar…

    Like

  13. Olá,

    Essa discução é parecida com os usuários de PC e MAC, cada um defende seu lado.

    Eu parei de desenvolver em HTML a quase um ano e migrei para o flash pela facilidade de programação e pelas animações, que deixam o site muito mais bonito, outro motivo é que não gosto muito de cada vez que você clica em um link a página carrega novamente. Tudo no flash tem uma solução, é só usar o pai dos burros (google) que achamos as soluções para problemas encontrados.

    Hoje desenvolvo em flash+php+mysql, o conteúdo dos sites em flash pode ser alterado por um painel administrativo como nos sites com html+php, o problema do scroll do mouse consegui resolver usando javascript, um amigo que desenvolveu a solução.

    Se alguém quiser dar uma olhada em um site todo em flash, com conteúdo em banco de dados Mysql, pode olhar http://www.bibbapacheco.com (até a imagem de fundo é alterada no painel de controle) ou http://www.joaorodrigues25.com.br (ainda inacabado)

    Like

  14. @João Zonta: eu estou num eee pc. ambos os sites demoraram demasiado a carregar, se eu estivesse a fazer pesquisa não teria esperado.
    Gostaria de ver bem o primeiro site, mas ele nem deixa ver a barra de scroll no firefox, pelo que basicamente eu vejo o site cortado e não consigo mover o scroll do touchpad, isto é não me consigo mover no site.

    Normalmente as pessoas argumentam que sites em flash são mais bonitos (o que é um argumento estranho), mas mesmo considerando a beleza do site de que me vale se não o consigo utilizar, como no caso que acabei de relatar?

    Like

  15. João A. Zonta says:

    Pedro – Realmente, se o seu navegador não suporta flash não tem como, mas hoje em dia até mesmo portais como o uol e terra já tem conteúdo em flash (mesmo que sejam só banners hehehe) quando você acessa um site desses já pede pra instalar o plug-in.

    Paula – O site da Bibba ainda não está com o script de Scroll que eu comentei no outro post, o primeiro em que usei foi no site do Candidato a Prefeito joão Rodrigues.

    Meu posto foi apenas minha opinião, eu optei por flash e a maioria dos clientes que eu atendo pedem o site em flash, o mercado está cheio de oportunidades, quando o site tem a necessidade de ser em outra linguagem, normalmente atendo o cliente e mando o Job para outro profissional. Na minha opinião é complicado querer abraçar o mundo, por isso estou me especializando em uma tecnologia que tem carencia de mão de obra qualificada.

    Tem muita coisa que não deve ser feita em flash, por “N” motivos. E tem muita coisa que deve ser feita em flash por “N” motivos (rs).

    Abraços
    João A. Zonta

    Like

  16. Acho que as pessoas que reclamam da usabilidade do flash simplesmente não são público-alvo dessa tecnologia. Fazendo um paralelo, jogos de playstation não são feitos para master system. Estamos longe da democratização da informação, mas nem por isso devemos abrir mão das novas tecnologias.

    Like

  17. Emanuel says:

    Que revolta e esta desenvolvo sites em flash trabalho com as2 e as3 papervision xml php javascript asp quem nao gosta de abrir um site animado cheio de efeitos e leve porque hoje em dia acobou aquele papo de site em flash e pesado no as2 temos classes para carregar arquivos externos recomendo movieclip loader e no as3 temos a loader me desculpem falar isso mas no minimo voces nao sabem nada de flash e ficao metendo o pau nele procurem estudar um pouco para ai formarem opiniao sobre
    e mais uma coisa se voces nao sabem dinamico

    Like

  18. Gabriel Loureiro says:

    Ptz.. sabendo tantas linguagens de programação, faltou só aprender a lingua-mãe. Português dificil de entender, esse sem ponto nem vírgula. hehehehe

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s