Preocupações de Tia

(escrito dia 7/12/2007, à noite)

Estou no Centro Comercial Vasco da Gama, à espera. Aproveito para trabalhar um pouco na tese, para apontar dua sou três ideias que me surgiram no comboio, e para isso ligo o laptop. Pouco tempo depois sou interrompida por duas senhoras dos seus 50, 60 anos que me questionam se “é possível usar o computador sem estar ligado a nada”.
Começo por dizer que estou a trabalhar com bateria, mas logo me apercebo que elas estão a falar da Internet. Explico que há várias aqui, mas que ou são privadas ou é preciso pagar, pelo que não estou ligada à Internet.
Uma delas explica-me “Ah, sabe é que o meu sobrinho vem cá, mas ele precisa de ter isso”.
Aproveito para lhe dizer que as cidades têm, normalmente, pontos de acesso gratuitos à Internet, mas como não sou de Lisboa, aqui não conheço.
Agradecem muito sorridentes e pedem desculpa pelo incómodo.

Enquanto me preparava para escrever este post no ScribeFire, outro senhor dirige-se a mim perguntando como se faz para nos ligarmos à Internet aqui. Respondo que não estou ligada. Agradece e pede desculpa pelo incómodo.

Ah pois, as necessidades estão a mudar🙂

Powered by ScribeFire.

One thought on “Preocupações de Tia

  1. É bem verdade, cada vez mais vamos vendo as pessoas que outrora não gostavam de computadores e/ou que não percebiam nada deles, a ter a necessidade de utilizá-los como ferramenta de acesso à internet. Não será preciso mt tempo para que a internet seja um bem essencial.

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s