Happy #PublicDomain Day 2023 – Classic & Golden Age Crime Fiction Edition

We celebrate Public Domain Day every 1st of January. Although copyright is important, Public Domain is paramount for creativity and access: not only Public Domain constitutes an important pool from where new authors can create new works, but also is an opportunity to publish long forgotten works.

Photo by Chris Lawton on Unsplash

Like last year, I tried to find out as many as possible authors of classic and golden age of crime fiction that are entering in Public Domain today. I’m considering the copyright term as life + 70 years, since that is the copyright term in Portugal and most of European countries.

LIST

  • Josephine Tey (1896-1952)

List of works at Wikipedia.

  • Charles Fulton Oursler (Anthony Abbot) (1893-1952)

List of works at Wikipedia.

  • Bertram Atkey (1879-1952)

List of works at Golden Age Detection Wiki.

  • Jeffery Farnol (1878-1952)

List of works at Wikipedia.

  • Gilbert Frankau (1884-1952)

List of works at Wikipedia.

  • Stephen Maddock (1897-1952)

List of works at Golden Age of Detection Wiki.

  • Margaret Gabrielle Vere Long (Joseph Shearing) (1885-1952)

List of works at Wikipedia.

  • John Alexander Ferguson (1871-1952)

List of works at Golden Age of Detection Wiki.

#booktwt The Mistletoe Murder and other stories by P.D. James, cover illustration by @ANGELACHARDING foreword by @valmcdermid & published by @FaberBooks @Jolabokaflod 2022

Sometimes, when I buy books “out of season”, I wrap them up and open them as gifts when the right time arrives. It was the case with this The Mistletoe Murder and other stories, a perfect book to open up at Christmas Eve and read throughout the night joining Jolabokaflod, an Iceland tradition where people start reading right away the books they receive at Christmas. You can read more about it here.

The Mistletoe Murder and other stories is a collection of four short stories by P. D. James. This edition starts with a foreword by the Scottish crime fiction writer Val McDermid, which makes a perfect description of P. D. James books and writing, followed by a preface by James about the short story form.

I do love short stories, when they are done right they can be really satisfying. But I also recognise that part of that love for the form has a mix of admiration for the author because it is very difficult to master the form since it’s much more restricted in terms of length. As P. D. James writes in the preface, “[the short story] it is most effective when it deals with a single incident or one dominant idea” and she concludes “it is the originality and strength of this idea which largely determine the success of the story”.

My favorite of the four is the one that gives the book its title. At some point, I was inclined to guess the correct murderer, but then P. D. James manage to create doubts and I fell for it. I only have myself to blame, the clues were there!

The second short is well constructed, but too shocking. I also liked the final two short stories, with Adam Dalgliesh as the detective, probably the best known James’ detective.

This is a wonderful book to read (and re-read) around Christmas.

BookLook

The book is simply stunning! The cover has the most beautiful illustration by Angela Harding, both the title and the name are embossed, the title has red foil both in the cover and in the spine. Also in the spine, at the bottom, there is an illustration. I wonder if it completes a larger illustration when the other titles are on the shelf in a certain order or if the image always make sense, whatever the order, like a myriorama.

And although this edition is a paperback, we’re surprised by opening it and seeing an illustration mimicking hardcover’s end papers.

Como mudar de instância no outro lado

A Associação D3 – Defesa dos Direitos Digitais criou uma instância – Ciberlândia – e tem inscrições abertas. Podem ler sobre a comunidade no site e criar uma conta lá. Um grande obrigada a todos os que na D3 trabalharam tanto para criar a Ciberlândia!

Mas há pessoas, que já tendo uma conta numa instância do Mastodon, querem mudar para outra, pelo que, tendo passado por este processo duas vezes, decidi escrever este artigo que pretende guiar quem o queira fazer também.

Que conteúdos podemos levar para a nova instância?

De entre as várias razões que nos podem fazer decidir mudar ou não de instância podem estar os conteúdos que já produzimos na instância antiga, uma vez que, neste momento, não é possível levar tudo para a nova conta. Assim:

  • O que podemos levar?
    • As pessoas que nos seguem;
    • As pessoas que seguimos;
    • As contas que bloqueámos;
    • As contas que silenciámos;
    • Os bloqueios de domínio que fizémos;
    • As publicações que guardámos.
  • O que NÃO podemos levar?
    • As publicações (os toots, posts);
    • Os conteúdos de media (imagens, vídeos, etc);
    • Apesar de ser possível exportar as listas que criámos, não parece haver forma de as importar na nova conta.

Passos para fazer a mudança

Antes de descrever o processo em pormenor, faço um resumo para terem uma ideia dos passos que vamos dar:

  1. Na conta antiga, fazer download dos conteúdos;
  2. Na conta nova, criar um alias;
  3. Na conta antiga, fazer a mudança propriamente dita;
  4. Na conta nova, importar os conteúdos referidos no primeiro ponto.

1 – Preparar a mudança na conta antiga

Apesar de não podermos levar as publicações e conteúdos de media podemos sempre fazer um backup desses conteúdos. Essas publicações também se mantêm na conta antiga.
De entre os conteúdos que podemos levar para a nova instância, há uns que são transferidos automaticamente durante a mudança de conta, mas há outros que precisam de ser previamente exportados da conta antiga e depois importados na conta nova, pelo que é essa a preparação a que me refiro neste ponto. Assim:

Na conta antiga, no lado direito do ecrã, clicar em Preferences:

Na janela seguinte, escolher o separador Import and export:

E dentro dessa categoria, escolher a opção Data export

Na janela que surge, aparecem várias opções:

Apesar de não ser possível levar para a nova conta os posts (publicações, toots) e o media storage (imagens, vídeos, etc.), decidi pedir um arquivo desses conteúdos para ficar com um backup no meu computador. Isto é um processo que pode levar algum tempo dependendo da instância onde estão e da quantidade de conteúdos que já publicaram. No meu caso, demorou mais ou menos um dia. Quando estava pronto, recebi um email a confirmar isso mesmo, entrei na conta e fiz o download.

Depois de ter esperado que o arquivo ficasse pronto e ter feito o download, fiz também o download dos outros dados, clicando com o botão direito do rato em cima de cada CSV que podem ver na imagem acima e guardando esses ficheiros no meu computador.

2 – Preparar a mudança na conta nova

Ainda antes de fazermos a mudança propriamente dita, é preciso criar um alias na conta nova. Assim, vamos novamente a Preferences, mas desta vez na conta nova, e escolhemos o separador Account settings:

Fazendo scroll na janela que surge, aparecem várias opções e vamos escolher a opção Moving from a different account, clicando em create an account alias:

Na nova janela, introduzimos o handle da conta antiga e clicamos em Create alias:

Se tudo correr bem, deverá aparecer a seguinte mensagem:

3 – Fazer a mudança propriamente dita

Agora que fizémos a preparação na conta antiga e a preparação na conta nova, estamos em condições de fazer a mudança de conta.

Assim, voltamos a entrar na conta antiga, vamos às Preferences, depois escolhemos Account settings, fazemos scroll na página até ao fim e escolhemos a opção Move to a different account, clicando em configure it here:

De seguida, aparece a seguinte janela e vamos preencher o campo Handle of the new account com o nosso nome de utilizador e instância da conta nova (no meu caso foi paulasimoes@ciberlandia.pt). É também necessário colocar a password da conta antiga (onde estamos) para validação. Depois é só clicar em Move followers.

A partir de agora, os conteúdos que são levados automaticamente para a nova conta vão começar a aparecer lá. Isto leva algum tempo (no meu caso, uma ou duas horas): se forem ao vosso perfil na conta nova e forem fazendo refresh vão vendo os vossos followers a aumentar.

4 – Importar os restantes dados

Agora precisamos de entrar na conta nova e importar os restantes conteúdos: aqueles dos quais fizémos download em formato CSV. Para isso escolhemos Preferences -> Import and export -> Import.

Depois é só escolher da lista que tipo de dados queremos importar, como se pode ver na imagem abaixo, escolher o ficheiro correspondente que guardámos no nosso computador e clicar em Upload. Podemos fazer isto para todos os diferentes ficheiros que descarregámos anteriormente.

A vossa conta antiga fica com um redirect para a conta nova, como podem ver na imagem abaixo. Também podem continuar a aceder aos Account settings, se quiserem cancelar o redirect, por exemplo.

A beautiful present for the #BookLover in your life

The Bedside Companion for Book Lovers edited by Jane McMorland Hunter is a wonderful present for any bookworm. This is a book to stay in your bedside table all year round: each night you can read a poem, a small extract of fiction, fact, letters, or essays about books, the pleasures of reading (and even about the non-reading of books), the storing of books (the 4th of December excerpt about bookcases from The Private Library really caught my eye) and so many other curiosities and reflections of this enchanted world of books.

(and no, I’m not taking a peek on the other nights’ entries :-))